Olha o que já passou por aqui!

postado por Cinthya Rachel às 16:48
10
ago

E mais uma semana chega ao fim, mas não sem antes uma passadinha rápida num armarinho, rsrs. E não é que coincidentemente estava uma promoção? E não é que todas as lãs em promoção não eram bonitas? rsrs

Mas no meio do balaio resgatei a Marrakesh pra fazer um cachecol pra sogra, só R$ 4,90!

A cinza chumbo é pro cunhadinho, ele que escolheu a lã e cor.

E não resisti comprei uns botõezinhos simpáticos de madeira, que eu acho que combina com tudo. E já que estava lá aproveitei e comprei uns alfinetes de segurança pra prender os tricôs na hora da costura…

No momento estou fazendo um gorrinho pra mamys, depois coloco a foto aqui.

Um lindo fim de semana pra vocês.

Beijos





postado por Cinthya Rachel às 15:42
09
ago

Ai gente, essa noite não dormi nada.

Um cachorrinho de rua ficou latindo a noite inteirinha.

Até que as 3 da manhã meu marido revoltado saiu de casa e expulsou o bichinho, que voltou a latir meia hora depois, só que no fim da rua!!!

E o pior é que a gente tinha que acordar cedo para uma reunião, então estamos quebrados.

Bom, terminei meu projeto secreto que não é mais secreto porque deu certo : um micro bolerinho, ou uma manga se você preferir, ou como diria meu marido: ué, cadê o resto do casaco?!! Ficou muito simpático, com a modelagem bem bacana. Assim que fotografar coloco a foto e a receita.

Estou cheia de encomendas: 1 gorrinho pra minha prima de 4 anos, outro pro meu primo de 8, outro pra minha mãe, outro pro meu cunhado, um cachecol pro aniversário da sogra…. E nem comprei as lãs ainda.

Ah, que chato, amanhã vou ter que ir no armarinho, rsrs





postado por Cinthya Rachel às 13:57
08
ago

Às vezes fico chateada com nosso país. Não vou nem entrar no mérito de desemprego, fome, pobreza, não é nesse sentido que quero falar. Em algumas situações penso que falta profissionalismo.

Para exemplificar vamos falar de duas coisas que amo: TV e tricô.

Trabalho em TV faz mais de 20 anos, e saindo de SP e RJ as coisas não andam. As gravações só acontecem lá, todas as emissoras são de lá. Já nos EUA por exemplo em qualquer cidadezinha que você vá tem a emissora local, grupos de teatro, as escolas incentivam os alunos que tenham dom artístico. Procure na Amazon.com livros sobre iluminação, direção, atuação, cinema, e você encontrará milhares de exemplares. Claro que como eles produzem muita coisa com certeza vai ter LIXO no meio de tudo isso, mas também vai material bom. Lá tem emissoras só de culinária, de animais, de cuidados com a casa…

Agora o tricô. Procure aqui no Brasil um livro que fale sobre feltragem, cachecol, artes manuais, lãs, crochê. Hahaha. Você não vai encontrar nada, ou quase nada. Lembro que quando era pequena minha mãe tinha um livro dos anos 70 que eu era fascinada. Tinha artes manuais de todos os tipos, macramê, pintura, argila, etc. Hoje a gente não acha nada disso para comprar.
Tente achar um fio 100% lã além da Paratapet. Tente achar uma agulha circular com mais de 60 cm. Tente achar uma agulha de duas pontas maior que n. 4.

Fico chateada com tudo isso. Como nós, que somos um povo tão criativo temos que nos render e comprar material vindo de fora porque aqui no nosso próprio país a gente não encontra?




Nas categorias: geleia geral


postado por Cinthya Rachel às 23:03
06
ago

Sempre quando eu olho aqueles sites americanos sobre feltragem eu fico coçando de vontade de fazer. Eles fazem bichinhos, bolinhas, cordas, bolsas, bijouterias. Mas como eu não acho lã cardada por essas bandas fiquei matutando e tive uma idéia: e se eu usar a velha e boa Paratapet mesmo?

Então eu fiz uma experiência.

A primeira da esquerda eu desfiei a lã utilizando um método no mínimo original, eu prendi num velcro e passei uma escova de dentes velha até ficar bem desfiado. Deu um certo trabalho. O resultado pelo trabalho não foi lá aquelas coisas, não ficou perfeitamente redondo e algumas partes não se grudaram às outras.
A segunda bolinha, a menorzinha fiz desfiando o centrinho um pouco só(cor vinho) e a parte externa (lilás) só desfiz e separei os 4 fios que compõe o novelo. Essa fica muito boa, bem firme, bem redondinha.
A última da direita fiz apenas pegando o fio direto do novelo. Até que por não ter tido trabalho não ficou tão ruim. Mas também não se moldou direito.
As três eu feltrei usando água quente da torneira do banheiro e uma gotinha de sabonete líquido. Fiquei enrolando na mão até ela começar a feltrar, então para ficar mais firme amassei como se estivesse fazendo um rolinho e voltava a modelar em forma de bola.
Agora não sei o que fazer com elas… rsrsrs




Nas categorias: eu e mim mesma tricô