postado por Cinthya Rachel às 20:08
06
mar

Desde que cheguei aqui em Buenos Aires eu tenho recebido algumas mensagens da galera que me segue no Youtube. Ficam me pedindo dicas de compras por aqui, que produtinhos tem na farmácia, o que tem pro nosso cabelo e tals. Quando vim aqui a passeio pela primeira vez em 2009 (acho) até fiz um vídeo sobre isso, pois na época comprei algumas coisinhas de beleza, mas a verdade é que tem um tempão que tomei uma decisão.

Eu só compro/abro um produto novo quando acaba o anterior, e essa regra só era quebrada em viagens. Claro que como eu recebia press kits de produtos quando eu morava no Brasil, mesmo sem comprar eu acumulava um monte. Testava, mostrava no blog, dava pra uma amiga, o que não era compatível com minha pele/cabelo nem abria, só contava a novidade para vocês e doava.

Como eu vim com minhas coisas de São Paulo, também trouxe meus produtos, ou seja, não comprei NADA aqui nesses 3 meses. Minto, comprei um creme para o rosto pois tinha acabado o que trouxe no avião e a mudança de caminhão atrasou. Não acho que eu sou a melhor pessoa do mundo por tomar essa decisão, é apenas uma escolha minha. E eu tenho muita agonia, mas muita mesmo, quando vejo algo parado, fechado, sem uso, acho que a gente tem que usar o que a gente tem pra energia girar.

Faça um teste, pegue um período de tempo e analise tudo o que você usar, roupa, sapato, batom, creme, etc. Agora me diga, tirando as coisas para ocasiões especiais como roupa de festa, casaco de inverno e tals, você não repetiu mil vezes os mesmos itens? Então… Isso tem me incomodado muito, pois se só gosto daqueles 3 batons, se só uso a mesma sapatilha e a mesma calça sempre, por que então eu tenho esse armário cheio ou sigo comprando mais um shampoo?

Consumir não é pecado, acho que a questão é o que está por trás dessa constante necessidade de possuir algo, mas isso é assunto pra um outro dia.