postado por Cinthya Rachel às 10:51
29
out

Vocês já viram que tem um site que mostra fotos do que as pessoas levariam de casa em caso de um incêndio? É esse AQUI e vale a pena a visita. É muito interessante ver que a maior parte das coisas tem mais apelo emocional do que capitalista, rs. Aí comecei a fazer minha lista mental e achei que fosse ser fácil. Eu pensei:

-Passaporte: por motivos de apego aos carimbos, rs.

-Ursinho: me julguem mas eu gosto dele e ele dorme comigo.

-Ipad: meu brinquedinho de escrever e companheiro das noites sem sono.

-Documentos e bolsa: pra não ter que ir ao Poupa Tempo (ai que prática) e adoro uma das minhas bolsas.

-Meu livro do Paulo Leminski: quase impossível achar outro pra comprar.

-Meus diários: pra analisar as mudanças na minha vida…

E… Só!

Pensei em alguma roupa que eu gosto, num sapato bonito, numa maquiagem especial, tem aquela calça jeans que me deixa com o bumbum lindo bem, meus trent coats que sou viciada, o sapato perfeito, o batom que adoro, a máquina fotográfica mega ninja, mas não me vi salvando essas coisas. Tudo o que eu pensava eu sabia que podia comprar outro, ou que no fundo não ia me fazer falta, e isso que num primeiro momento me causou espanto, depois me deixou leve. São só coisas. Claro que o que eu salvaria ali na lista acima também são coisas, mas todas elas tem um apelo emocional pra mim por N motivos. Foi bom fazer exercício mental e saber que posso sair, fechar a porta e deixar o peso pra trás, levando só o que vai dentro. <3