postado por Cinthya Rachel às 8:54
30
out

E daí que tenho um zilhão de livros no Ipad. Uma seleção bem variada. Tem drama, tem A insustentável leveza do ser, tem de educação, tem ficção, tem 1984, tem biografia, tem O Retrato de Doryan Gray, tem gramática, tem Paulo Leminski…

E daí que eu fui viajar. Acordei cedo, vindo já de uma noite anterior cansativa. Escolhi algo na biblioteca. Algo leve pra aproveitar a viagem.

E daí que senta um senhor ao meu lado, todo trabalhado no terno bem cortado e bem interessado na minha leitura.

E daí que ele resolveu perguntar o que eu estava lendo.

Não, não era a Ilha do tesouro, não era O apanhador no campo de centeio, não era Mario Vargas Llosa.

Era O chá de bebê de Becky Bloom…





Você pode gostar também: